Conheça o amor petista

Eles são bons no tratamento com quem pensa diferente. Confira!

06 de Abril de 2016

Hoje uma amiga comentou que não tinha mais paciência pra argumentar com os seguidores da seita Partido dos Trabalhadores sem parecer muito ofensiva. Então, achei por bem lembrá-la de alguns dos modos de expressão oferecidos por eles aos que se atrevem à pensar diferente.

Método Ofensa-livre

Não interessa com quem (ou sobre o quê) é o debate, eles colocam um rótulo qualquer, sem argumento, apenas ofendem e mandam estudar. É muito comum em comentários sem lógica alguma. Te chamam de coxinha, elite branca (mesmo se você for pardo ou negro), machista, homofóbico... e falam qualquer coisa sobre o Aécio.

Método Black-Block

Sim, eles se expressam nas ruas de diversas formas. Neste método, basta sair quebrando qualquer coisa que apareça pela frente - desde que não seja o pelotão do Choque.

Método MST

Sim, eles se expressam também na zona rural. É puro amor! Matam o gado, saqueiam casas, queimam tratores e plantações. São uma doçura só.

Método Ameaça de Morte

Este método é muito comum quando estão em posição política desfavorável. Falam que vão pegar em armas, colocar fogo em tudo, armar guerra nas ruas, etc... um amor só!

... e o contra-ataque?

Uma outra amiga me ensinou um excelente modo de divertir-se com a agressividade da esquerda. Vá até algum ninho esquerdista, pode ser a página no Facebook da Carta-Capital, PSOL, PSTU, ou qualquer outro puxadinho do PT. Dê sua opinião sobre o assunto da forma mais discordante possível e desabilite as notificações. É divertido. É como jogar pão com mortadela na CUT.

Veja também

Turma do contra

Presidente interino, Michel Temer/PMDB, mal assumiu, mas as viúvas do PT já começaram a atravancar o caminho

A política letárgica

O intervalo entre as votações do impeachment na Câmara e Senado causa um período de estranha calmaria política no país.

Deputados brasileiros

E se eu te contar que aqueles deputados que votaram sobre o impeachment da Dilma ontem já estão lá há muito tempo, você acreditaria?

Direito criativo

Supremo Tribunal Federal fere o princípio da separação dos três poderes ao discutir como o presidente da Câmara deve interpretar o regimento da Casa

Olho aberto

Impeachment deverá ser votado na sexta-feira que vem; confira o posicionamento dos deputados que receberam votos em Formiga

Parceiros